quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

RTP1 renova a sua imagem (c/vídeos)

A RTP1 iniciou 2018 com a renovação da sua imagem. Fernanda Fragateiro e David Santos são os autores da nova linha gráfica do canal.

Desde 2016, ano em que a RTP1 renovou por completo a sua imagem, o canal aproveita o seu grafismo para promover às artes plásticas, convidado anualmente artistas plásticos e autores musicais portugueses para criaram a sua linha gráfica, e 2018 não foi diferente.

Com o término da época natalícia, o canal público apresentou no dia 7 de Janeiro os seus novos separadores, da autoria da artista Fernanda Fragateiro e o músico David Santos, mais conhecido por Noiserv.

A artista, que sucede a Vhils e João Paulo Feliciano, teve como base inspiracional "Separar: Criar Leveza em Oposição ao Peso do Mundo". Em declarações Fernanda Fragateiro explicou esta escolha dissendo que "partindo da oposição entre Peso e Leveza, trabalhei a partir de quatro esculturas representativas da minha prática artística".
No decurso do seu trabalho, Fernanda Fragateiro decidiu "não mostrar integralmente cada uma das quatro esculturas, mas apenas fragmentos que comunicam a essência de cada uma das obras". O trabalho que desenvolveu "tem de ser visto como uma forma de reescrever e de recriar obras, para este fim".

Para Fernanda Fragateiro, "o trabalho resultou de uma verdadeira colaboração com todos os elementos da equipa da RTP à qual se juntou a música do David, sublinhando o carácter de leveza e de continuidade que eu desejei transmitir com estas imagens".

O músico David Santos (Noiserv) sentiu que "a música tinha de acompanhar o momento contemplativo que estas imagens nos transmitem. Teria de ser acima de tudo, uma respiração tranquila mas sonhadora, presente mas não intrusiva, curta mas sempre bonita, da RTP em 2018".

0 comentários:

Enviar um comentário